Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
13 semanas de gravidez

13 semanas de gravidez

(0 comentário)

O início do segundo trimestre é caracterizado por uma enorme quantidade de novos marcos no desenvolvimento da criança. Saiba mais sobre essa semana. 

terça-feira, Fevereiro 5th, 2019

Desenvolvimento do feto 
Na décima terceira semana de gravidez ocorrem muitos e novos momentos importantes para o desenvolvimento do feto. Ele já consegue dobrar os dedos, abrir e fechar a boca e começa a engolir. Engole líquido amniótico, que é absorvido pelo trato digestivo e excretado na forma de urina através dos rins, que já funcionam com perfeição há algum tempo. A pele passou a produzir melanina, responsável pela pigmentação da pele quando a criança nascer. Os ossos continuam a formar-se, e o pequeno esqueleto completa-se pouco a pouco. O feto pesa agora cerca de 30 gramas e mede 7 centímetros do cóccix ao alto da cabeça. Já é, sem dúvida, absolutamente maravilhoso! 

Mudanças no corpo 
No final da décima terceira semana de gravidez, de modo geral, todos os pequenos incômodos do primeiro trimestre começam a desaparecer, e é provável que agora você se sinta bem. Aproveite todas as oportunidades que tiver para sair e desfrutar um pouco de ar puro, mesmo que não seja um dia de sol fantástico. Os raios solares que se filtram através das camadas de nuvens contribuem para a síntese de vitamina D, da qual você e o feto precisam (além da sua pele!). Já reparou que sua pele melhorou? A gravidez é, com frequência, muito boa para a pele. As mudanças hormonais estimulam o metabolismo e proporcionam à cútis um aspecto mais saudável. Ainda assim, podem surgir manchas de tons castanhos na testa ou nas maçãs do rosto. Essas manchas de pigmentação, inofensivas, desaparecerão por si só cerca de três meses depois do parto. O mito de que revelam se a criança será menino ou menina é totalmente falso! 

O que comer e o que não comer 
Sem margem de dúvida, as mulheres grávidas podem comer peixe como parte de uma dieta equilibrada, já que se trata de excelente fonte de proteínas de baixo teor de gorduras. Certos tipos de peixe, contudo, devem ser evitados durante a gravidez. Alguns deles apresentam altos níveis de mercúrio, contaminante ao qual o sistema nervoso do feto é particularmente sensível durante a fase de desenvolvimento. É por esse motivo que se recomenda às mulheres grávidas que não consumam três peixes predadores: peixe-espada, espadarte e siki (da família dos tubarões). Além desses, existem outros peixes que é recomendável evitar: 
atum, enguia, besugo ou goraz, tamboril, arraia e salmonete. Consulte seu médico para esclarecer dúvidas. 

Conselhos às gestantes 
É provável que até agora você não tenha precisado usar roupa para gestantes e que demore um pouco até que seja necessário fazer um novo buraco no cinto. Mas pode ser uma boa ideia começar a dar uma olhada no que há de moda para futuras mães e, quem sabe, ir às compras com uma amiga. Compre um sutiã confortável, com reforço e, se possível, com alças ajustáveis. Seus seios continuarão crescendo, e não se deve usar sutiãs que apertam ou incomodam. Nesse momento, talvez não seja o caso de comprar um sutiã específico para grávidas ou para amamentação, pois é possível que, daqui a poucas semanas, você já precise de um tamanho maior. Nessa fase a criança cresce rápido. 
 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo

Vamos Começar!

Conteúdo relacionado
Avaliações

0 comentário

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.