Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X

Preocupações e cuidados durante a gestação e soluções alimentares

(0 comentário)

A gestação é empolgante, emocionante e totalmente diferente para cada mulher. 

Quinta-feira, Julho 14th, 2016

Apresentamos a seguir uma lista de preocupações comuns e cuidados durante a gestação, além de algumas medidas positivas que você pode tomar para ajudá-la a ter a melhor gestação possível.

É essencial o acompanhamento médico durante todo o período pré-natal, com a realização de consultas periódicas, exames, etc. Isso é muito importante para a saúde da mãe e do bebê, tornando a gravidez mais segura. Sempre que tiver dúvidas, não hesite em procurar seu médico.

Desejos

Embora ninguém saiba realmente por que isso ocorre, inúmeras mães já tiveram desejo de qualquer coisa, de melancia com chocolate até sorvete com molho quente.

Medidas a tomar quando você tiver um desejo:

  • Não julgue os desejos – eles são uma parte normal da gestação!
  • Coma porções de tamanho razoável e mantenha uma dieta saudável em todos os outros aspectos.

Enjoo matinal

Náuseas e vômitos são um problema para muitas futuras mamães, especialmente durante o primeiro trimestre. A causa é desconhecida, e esse sintoma talvez se deva às alterações hormonais ou ao baixo teor de açúcar no sangue no início da gestação. Como o nome sugere, frequentemente ocorre de manhã, mas pode  ocorrer a qualquer hora do dia!

Dicas para ajudar a controlar o enjoo matinal:

  • Coma quantidades menores de comida.
  • Considere alimentos nutritivos, mas em porções pequenas, tipo lanches.
  • O olfato pode ficar mais apurado durante a gestação, por isso evite possíveis “gatilhos”, tais como alimentos de aromas fortes, perfumes e fumaça de cigarro.
  • Prefira sabores suaves em vez de picantes. Faça um lanchinho antes de dormir e ao acordar, coma uma torrada ou   biscoitos de água e sal  puros.
  • Se estiver tomando vitaminas pré-natais, procure ingerí-las durante as refeições ou depois de comer, sempre seguindo as orientações médicas.
  • Em caso de náusea grave, fale com o seu médico.

Constipação

Os hormônios da gravidez relaxam os músculos intestinais e desaceleram o movimento do intestino. . O feto também pressiona o intestino,  tornando o processo ainda mais lento.

Conheça estas simples soluções caseiras, que podem ajudar a pôr as coisas novamente em movimento:

  • Tome  muito líquido diariamente, como água, chá descafeinado, suco de ameixa, leite e sopas. As hortaliças e frutas que contêm bastante água – tais como aipo,  e melancia – também podem ajudar.
  • Consuma mais alimentos ricos em fibras, como frutas, hortaliças e grãos integrais.
  • Os exercícios, assim como as caminhadas regulares, podem ajudar a manter  o intestino em movimento!

Inchaço nos tornozelos

O inchaço dos tornozelos é um efeito colateral comum da gestação. Seu corpo está naturalmente acumulando mais líquido, tanto para você quanto para o feto. As alterações hormonais também podem contribuir com esse efeito. O inchaço dos tornozelos é mais perceptível à noite, especialmente se você passar muitas horas de pé.
Estas dicas podem ajudar a aliviar o problema:

  • Beba muito líquido.
  • Ponha os pés para cima sempre que possível.
  • Não use sapatos apertados.

Se o inchaço causar preocupação, converse com o seu médico.

Azia

A azia – uma sensação de queimação no centro do peito – pode ocorrer devido ao peso do feto, que aperta o estômago . Como os ácidos do estômago são comprimidos para o esôfago e o músculo existente na parte superior do esôfago relaxa,  causando a sensação desconfortável de queimação conhecida como azia.
Veja se estas alterações alimentares ajudam a aliviar a azia:

  • Faça refeições menores com maior frequência e coma lentamente.
  • Evite alimentos gordurosos e muito condimentados.
  • Tente esperar pelo menos 1 hora depois de comer para só então se deitar.

Verifique com o médico antes de tomar qualquer antiácido  sem prescrição, já que esses medicamentos podem conter níveis elevados de sódio.

Vegetarianismo

As dietas vegetarianas e veganas são seguras durante a gestação – desde que bem planejadas, com proteínas de alta qualidade e boa variedade de grãos integrais, frutas, hortaliças e gorduras saudáveis.
Conheça estas medidas adicionais:

  • Avise ao obstetra que você é (ou planeja tornar-se) vegetariana ou vegana.
  • Fale com seu médico sobre a necessidade de um suplemento pré-natal que contenha vitamina B12, vitamina D, ácido fólico, ferro, cálcio e zinco para complementar os nutrientes que podem faltar em sua dieta.

Dieta sem laticínios

Se você não come laticínios, não se preocupe, ainda é possível consumir cálcio suficiente!
Considere estas opções ao fazer as compras:

  • Selecione produtos enriquecidos com cálcio, tais como suco de laranja, e leites vegetais, que são boas opções não lácteas.
  • Converse com seu médico sobre a necessidade de um suplemento de cálcio. As fontes não lácteas de cálcio não são tão bem absorvidas quanto o cálcio dos laticínios, por isso talvez ainda seja necessário tomar um suplemento de cálcio.
  • Fale  também sobre o suplemento de vitamina D. Essa vitamina é encontrada principalmente nos laticínios, por isso talvez também seja necessário um suplemento caso você não tome sol na maior parte dos dias.

Pressão alta

A hipertensão gestacional (pressão alta que ocorre durante a gestação) requer a atenção do profissional de saúde.
Enquanto isso:

  • Tente manter a taxa adequada de aumento de peso para cada fase da gestação.
  • Continue  praticando exercícios físicos.
  • Evite álcool e tabaco, é claro.
  • Avise o profissional de saúde caso você esteja tomando algum remédio sem prescrição ou mesmo prescrito.

Diabetes gestacional

Se você tiver diabetes gestacional, siga sempre  as orientações do seu médico. Ninguém sabe ao certo porquê, mas os hormônios da gestação podem interferem na produção de insulina da mãe. Isso, por sua vez, causa um desequilíbrio nos níveis de insulina do feto, resultando em taxas elevadas de glicose (açúcar) no sangue. Os lactentes que nascem com  alterações nos níveis de insulina podem apresentar maior risco de obesidade ou de diabetes mais tarde. O objetivo do tratamento do diabetes gestacional é manter os níveis de glicose no sangue iguais aos das gestantes sem  a condição. O tratamento  inclui planos  específicos de refeições e prática regular de atividades físicas.
Uma medida proativa que você pode tomar:

  • Peça ao médico a indicação de um nutricionista. Um profissional especializado em diabetes gestacional pode preparar um plano de refeições personalizado e ensinar você a lidar bem com essa condição.

Mais de um feto

Uma gestação de dois ou mais fetos significa a demanda de mais calorias. Para descobrir quais serão suas necessidades calóricas e nutricionais:

  • Converse com o profissional de saúde, pois as necessidades calóricas podem variar caso você tenha iniciado a gestação com falta ou excesso de peso.

Cãibras nas pernas

As cãibras nas pernas, que em geral ocorrem à noite, podem ser um efeito colateral da gestação, sobretudo durante o terceiro trimestre; isso provavelmente se deve ao peso adicional que você está carregando.

Alimentação saudável

Outra preocupação comum das futuras mamães são os nutrientes necessários para alimentação durante o período de gestação, para saber mais sobre esse assunto, acesse o artigo “Opções de alimentação saudável para gestante”.


Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo

Vamos Começar!

Conteúdo relacionado
Avaliações

0 comentário

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.